Todos os Seres Humanos Têm uma História

Todos os Seres Humanos Têm uma História. Mulher andando em um trilho de trem com sapato cor de rosa e vestido verde de bolinha branca, Passagem árida, clara e difusa. A imagem mostra a barra do vestido, uma porção da perna, um pé na frente do outro e só se vê um. Ela está indo para a frente. Na porção inferior da imagem se lê: "Por que sua história é única?"

Nossa história é única

Nascemos, crescemos, nos desenvolvemos.

Todos nós seres humanos passamos pelos mesmos ciclos de desenvolvimento – Aprendemosna infância, a falar, a relacionar nomes às coisas. Aprendemos ficar de pé, a andar. Aprendemos a pensar. 

Vamos para a escola, vamos para a faculdade ou, direto para o mercado de trabalho. Nos apaixonamos, casamos ou não, temos filhos ou não.

Desenvolvemos habilidades, vamos em busca de um lugar de atuação no mundo. Questionamos, reavaliamos nossa jornada, nossos valores e  seguimos buscando colocar no mundo o que para nós faz sentido.

Mas, pelo meio do caminho, desafios externos e internos apareceram conforme as escolhas que fazemos e como não sabemos onde cada opção pode nos levar, ficamos pensando que talvez tenhamos escolhido errado. 

Então surgem as perguntas dentro de nós:

  • E se eu tivesse casado ? 
  • E se eu tivesse ido morar em tal lugar ?
  • E se eu tivesse escolhido outro curso ?
  • E se isso ?
  • E se aquilo ?

Afinal, em que tempo vivemos?

É comum em nossa historia nos apegarmos ao passado e passarmos a viver o “ E se” e deixarmos de viver o que realmente é o nosso presente, o nosso agora e sem tomar uma decisão com clareza e confiança na escolha, por que nos relacionamos com o que é uma ilusão e cada vez mais se torna difícil se relacionar com a realidade, para então prosperar nela.

O autoconhecimento e a autoeducação nos possibilita a relação com a realidade do que nossa história nos concede, do que escrevemos nela, e a partir disso, podemos de forma consciente nos tornar um ser humano integrado. Veja sobre isso na breve aula de Lucas Abreu clicando aqui.

Parar esse movimento repetitivo que gira, gira sem um fim só é possível quando temos consciência de que isso acontece e quando encontramos em nós o que é suficiente para continuar seguindo.

O panorama biográfico é essencial para essa tarefa. Reencontrar com sua própria essência, sua história, e perceber que cada passo da jornada foi dado por uma razão real, é libertador e construtivo no caminho de se auto fortalecer e se empoderar da força que é única e que nos faz ser quem somos.

Não é mágica, é trabalho sério e objetivo de encontro consigo mesmos.

Quer experimentar?

“O tempo de viver é o agora, por isso se chama presente. É o que ganhamos para viver. Olhe para sua história sem julgamento, se relacione com fatos reais vividos no passado, para se desprender deles e construa seu futuro a partir do seu presente ”

Fica a dica: Foque no positivo. Divida sua vida em 3 grandes fases. Até os 21 anos, até os 42 anos e dos 42 aos 63 +. Para cada fase foque em suas realizações, nas mais simples até as mais espetaculares.

Registre pelo menos 5 em cada fase, se tiver mais melhor.

Depois veja o que foi realizado, o quanto foi realizado e qual o sentido daquilo que já realizou, para seu momento de vida.

Compartilhe:

Email
LinkedIn
WhatsApp
Facebook
Telegram

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *